OLEO RESINA DE ALECRIM – CONSERVANTE NATURAL

A “BEM NATURAL” SÓ UTILIZA EM SEUS PRODUTOS ANTIOXIDANTES NATURAIS, COMO A VITAMINA E, A RESINA DE BENJOIM E O ÓLEORRESINA DE ALECRIM. CONHEÇA UM POUCO MAIS SOBRE O ALECRIM.

ANTIOXIDANTES NATURAIS PARA COSMÉTICOS

Alternativa natural para prolongar a durabilidade do seu produto. A oxidação de óleos e gorduras é um dos maiores problemas, com a  demanda de cosméticos naturais e a preocupação do consumidor na busca por cosméticos que não apresentem produtos químicos na lista de ingredientes de preparação, os antioxidantes naturais estão ganhando força e popularidade.

Os antioxidantes naturais mais conhecidos são os extratos de especiarias ou plantas que mostram atividades contra o processo oxidativo quando agregados aos cosméticos. Os extratos de especiarias contém componentes fenólicos e terpênicos capazes de retardar o inicio da oxidação e que resulta em uma coloração mais estável durante o armazenamento como também o retardamento da oxidação.

Outros compostos naturais além dos extratos de especiarias também tem se mostrado eficientes para substituir os antioxidantes sintéticos muito comumente usados como BHA, BHT, TBHQ e evitar o inicio da cadeia de oxidação de gorduras e óleos.

Estes compostos fenólicos, presentes tanto nos extratos de especiarias são responsáveis por capturarem os radicais livres responsáveis pelo primeiro estágio da oxidação, atrasando assim o processo oxidativo prolongando o tempo de vida útil.

PODER ANTIOXIDANTE DOS EXTRATOS DE ALECRIM

O alecrim ou rosmarinus officinalis é bem conhecido como conservante, usado na indústria alimentícia há muitos anos por sua eficácia na conservação de alimentos por apresentarem maior atividade antioxidante. É bem conhecido na culinaria como tempero e vem ganhando destaque em cosméticos naturais.

Desde a antiguidade o alecrim é comumente usado no preparo de pratos de aves e suínos para temperar mas também intuitivamente para conservar estes alimentos.

Os principais compostos antioxidantes do alecrim incluem o carnosol; acido carnósico; rosmanol; epirosmanol e ácido rosmarínico. Os compostos diterpenos rosmaridifenol e rosmari quinona também agregam propriedades antioxidantes. Os principais compostos antioxidantes do alecrim incluem o carnosol; acido carnósico; rosmanol; epirosmanol e ácido rosmarínico. Os compostos diterpenos rosmaridifenol e rosmari quinona também agregam propriedades antioxidantes.

A indústria de cosméticos vem descobrindo sua utilização como uma opção em conservante natural.

O mais conhecido é o óleo resina de alecrim, um extrato oleoso utilizado para evitar a oxidação e ranço em óleos vegetais e produtos que contenham óleo; devido aos altos níveis de ácido carnosic que possui potentes características antioxidantes. O padrão de concentração de acido carnosic é 7%, mas contem outros componentes benéficos, como ácido rosmarínico, Rosmaridiphenol, carnosol, Rosmanol e Rosmaridiquinone.

A concentração elevada de constituintes ativos do oleoresina de alecrim fornece funcionalidade excepcional mesmo sendo utilizado em baixas percentagens. Com os elevados percentuais de concentração do acido carnosic e sua eficácia em baixa porcentagem de uso, representa baixo custo no produto final.

Usa-se, 0,2-0,5 gramas adicionados a 1000 gramas de óleo.

Oleoresina de alecrim também demonstra características antimicrobianas e funciona como parte de um sistema conservante, mas não é um conservante antimicrobiano de amplo espectro. Recomendamos um bom sistema de conservante ou sinergia para cada formulação, complementando com vitamina E e absoluto de benjoin.

O oleorresina de alecrim é adequado para cosméticos finos e formulações de higiene e não contém odor forte, tem uma nota leve de ervas que é geralmente ausente nos níveis normais de uso.

Informações Adicionais:

INCI: Rosmarinus officinalis

Forma física: líquido acastanhado

Carnosic Acid: mínimo de 7%

Uso recomendado: 0,02% – 0,05%

 

MARA MARIA

Essas informações são apenas para fins educacionais.

Proibida reprodução do textos aqui apresentado, são protegidos pela Lei de Direitos Autorais – Lei Federal nº 9.610/98. A cópia ou utilização sem a prévia autorização do Titular dos Direitos Autorais constitui crime federal.

 

Anúncios
Categorias: Dicas da Mara, Matéria-prima | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: